A terceira idade é um dos momentos que mais demandam cuidados na vida de um indivíduo. Afinal, as pessoas tendem a ter certas limitações e, muitas vezes, não podem realizar as atividades que gostavam de fazer quando eram mais jovens. Nesse sentido, envelhecer bem é uma das maiores preocupações dos seres humanos. Adaptar-se a um novo estilo de vida pode ser difícil, mas não impossível. A qualidade de vida e o bem-estar dos idosos depende de muitos fatores. Continue a leitura para descobrir quais são eles.

O que influencia o bem-estar dos idosos?

Rede de amigos

Os amigos que uma pessoa têm ao longo da vida devem ser mantidos também na terceira idade. Apesar de o ciclo de amizade se modificar com o passar dos anos, é essencial que o relacionamento afetivo entre as pessoas seja cultivado. Acima de tudo, é necessário ter uma amizade com qualidade. Ter contato real com as pessoas, trocar informações, falar com elas, visitá-las e recebê-las em casa é fundamental. Manter uma rede de amigos ativa é um dos fatores mais importantes que garantem o bem-estar dos idosos.

Convívio com a família

Sem dúvidas, a presença da família nessa nova etapa da vida é primordial para o bem-estar dos idosos. Filhos, netos e bisnetos tornam a adaptação à terceira idade mais fácil, pois os idosos têm maior contato com a juventude e aprendem mais sobre a nova geração. Os vínculos afetivos são fortalecidos toda vez que há uma reunião de família, viagens, programas, passeios e outras atividades em conjunto. Essa é uma ótima forma de mudar a rotina de pessoas com idade avançada que convivem somente com cuidador de idosos rj, por exemplo.

Prática de atividades

A ciência já comprovou que, para contribuir com a saúde mental dos idosos, é necessário que as pessoas realizem de 6 a 8 atividades diferentes por dia. E não estamos falando apenas de atividades físicas. Por exemplo, telefonar para os amigos, arrumar a casa, conviver com os netos, conversar com as pessoas, fazer compras, etc. Essas práticas fazem com que o cérebro continue ativo e funcionando bem, cooperando para uma velhice mais saudável.

Romance entre idosos

Bons relacionamentos na terceira idade melhoram a cognição e ajudam a desacelerar o envelhecimento. Estudos comprovam que um idoso sozinho possui mais chances de apresentar problemas cognitivos e doenças de cunho psicológico, como a depressão. Assim como ter amizades é importante, um romance também pode contribuir positivamente para a felicidade e o bem-estar dos idosos.

Dieta saudável

Por fim, não poderíamos deixar de mencionar a alimentação. Manter uma dieta saudável, equilibrada e rica em nutrientes é um dos fatores que influenciam diretamente no bem-estar dos idosos. Legumes, frutas e verduras devem fazer parte do hábito alimentar, assim como o aumento no consumo de água. E, claro, a dieta deve ser orientada por especialistas na área. Tal condição é essencial para evitar obesidade e outros problemas de saúde que acometem os indivíduos da terceira idade.

Agora que você já sabe quais fatores impactam diretamente no bem-estar dos idosos, não esqueça de anotar as dicas que apresentamos ao longo deste artigo e praticá-las na vida dos familiares com idade mais avançada.