Mindfulness é uma prática meditativa de atenção plena que teve sua origem em meditações orientais. Preza a gentileza com nossas emoções e pensamentos com respeito aos valores individuais de cada indivíduo.

Com generosidade, aos poucos, você é convidado a prestar atenção na sua respiração, reações do corpo, sentir que está presente no momento, uma forma de sentir a vida no exato momento em que ela acontece.

Mas o que Mindulness pode nos trazer de benefícios relacionado a saúde e bem-estar?

Vamos começar com um breve histórico sobre a prática meditativa.

Mindfulness: de onde veio e como foi inserido na área da saúde

Mindfulness faz parte de uma antiga tradição meditativa e tem como base práticas budistas com mais de 2.500 anos.

Seu objetivo original, e ainda considerado hoje em dia, concentra-se na exploração da mente, visando a alteração profunda do ser.

Na década de 70 começaram estudos mais aprofundados de profissionais ocidentais da área da saúde sobre a prática. Os psicólogos e pesquisadores de Havard, Daniel Goleman e Richard J. Davidson, narram em seu livro “Ciência da Meditação” um pouco dessa trajetória, para aqueles que gostariam de se aprofundar.

Jon Kabat-Zinn, assim como outros pesquisadores interessados na meditação, vivenciou a prática de forma mais profunda, e após essa intensa vivência, junto com colegas da Universidade de Massachusetts, aplicou pela primeira vez o mindulness como terapia clínica para redução de estresse, desenvolvendo em seguida o MBSR, Mindfulness- Based Stress Reduction, como é conhecido hoje.

Inspirados pela técnica de Kabat-Zinn, o Centro Mente Aberta desenvolveu no Brasil o “Mindfulness-Based Health Promotion” (MBHP) em 2009, que foi aprimorado na última década por meio de estudos científicos e da experiência de aplicação e implementação em população brasileira. Incluiu como estudo para elaboração de seu protocolo também o MBCT (Mindfulness-Based Cognitive Therapy), os programas de mindfulness do Instituto Breathworks (Reino Unido), e o MBRP (Mindfulness-Based Relapse Prevention).

Mindfulness para promoção da saúde e gerenciamento do estresse

Resultado de imagem para mindfulness promoção saude

O diferencial do “Mindfulness-Based Health Promotion” (MBHP) é a sua aplicação dentro do contexto contemporâneo da Promoção da Saúde, segundo Marcelo Demarzo fundador e coordenador Mente Aberta, Centro Brasileiro de Mindfulness e Promoção da Saúde. O protocolo MBHP reforça a ideia que a prática regular de mindfulness pode ser usada para se obter autonomia e auto eficácia em saúde, com objetivo de melhora do estilo de vida e gerenciamento do estresse diário.

Você deve estar pensando, mas como?

A prática formal de mindfulness, quanto maior o tempo diário, tende a “treinar” o cérebro a estar mais presente, mais atento aos acontecimentos do presente, do agora. Com a prática diária a tendência é notar essa atenção nas tarefas do dia a dia, nas tomadas de decisões, de forma que essa atenção consciente tende a melhorar a forma com que você reage a determinadas situações.

Atualmente mindfulness tem sido usado e gerado impacto positivo com a prática regular:

  • no gerenciamento de estresse e melhora na qualidade de vida,
  • melhoras no sintomas de burnout,
  • empatia e comunicação interpessoal,
  • incremento da performance,
  • aliado no tratamento de algumas enfermidades orgânicas e
  • impacto direto e positivo na melhora geral da qualidade de vida.

E você já conhece ou pratica mindfulness?

Referências:

  1. Centro Mente Aberta - https://mindfulnessbrasil.com
  2. Daniel Goleman e Richard J. Davidson; A Ciência da Meditação